Preservação da Onça-Pintada


A Fundação Monsanto apóia o Instituto Onça-Pintada no trabalho de pesquisa e preservação de uma das espécies de carnívoros mais ameaçadas do País. O recurso foi inicialmente aplicado no levantamento de informações históricas e atuais sobre a distribuição da onça-pintada no Brasil e permitirá, através de seu mapeamento, traçar estratégias de conservação para a espécie. O estudo foi realizado nos biomas Cerrado, Pantanal, Amazônia e Caatinga, onde, em seguida, foi realizado um trabalho educativo com pecuaristas e crianças de escolas locais sobre suas percepções sobre o felino e seu ambiente.

Foto Anterior
  • Preservação da Onça Pintada
  • Fundo para a conservação da Onça Pintada - Jaguar Conservation Fund
Próxima Foto

A percepção sobre uma espécie influencia na vontade de preservá-la. A idéia é editar futuramente um livro voltado ao público infantil, que mostre como é possível a convivência sustentável com esse felino, com o homem preservando seu hábitat e este, por conseqüência, não invadindo seu espaço. A distribuição será gratuita nas escolas locais para ser usado em um trabalho de educação ambiental.

Além do patrocínio aos projetos coordenados pela entidade, a Fundação Monsanto também financiou a compra de 10 colares GPS ao Instituto Onça-Pintada para auxiliar no monitoramento do animal na região, possibilitando traçar estratégias de conservação para o felino.

Realização: Instituto Onça-Pintada

www.jaguar.org.br