Home > Sala de Imprensa > Press Releases > Press Releases

Press Release


01/07/2009 - Campo Mourão (PR) recebe Caravana Monsanto de Espetáculos nesta quinta-feira

Programação, que ocorre no Teatro Municipal, inclui oficinas circenses, às 10h, na Escola Municipal Professor Florestan Fernandes

A cidade de Campo Mourão (PR) recebe nesta quinta-feira, 2 de julho, a Caravana Monsanto de Espetáculos - iniciativa com apresentações itinerantes de teatro e oficinas de artes circenses promovidos pela Cia. da Cidade – Grupo de Teatro.

O musical infantil “Ari Areia Um Grãozinho Apaixonado”, escolhido para fazer parte da Caravana, será apresentado às 14h e 15h15, no Teatro Municipal e beneficiará 900 estudantes da rede pública das Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental Bento Mossurunga; Manoel Bandeira; Maria do Carmo Pereira; Professor Ethanil Bento de Assis; Mário de Miranda Quintana; Cidade Nova; Professor Nicon Kopko; Urupês; Parigot de Souza; Professor Domingos José de Souza; Professora Eroni Maciel Ribas e Constantino Lisboa de Medeiros

Além do espetáculo, também serão ministradas oficinas de artes circenses de acrobacias solo e malabares, cada uma delas para 30 crianças a partir de 10 anos de idade acontecem às 10h, na Escola Municipal Professor Florestan Fernandes. Em ambos os casos há parceria com as secretarias municipais de Educação locais, responsáveis pela escolha das escolas e local de apresentação.

A Caravana Monsanto de Espetáculos está percorrendo, neste semestre, 12 cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, atingindo um público aproximado de 11 mil pessoas, que têm acesso gratuito às apresentações e 24 oficinas de artes cênicas. Passo Fundo, Erechim, Santa Rosa, Ijuí, Vacaria, Uruguaiana, Lages, Xanxerê e Cascavel já foram contempladas.

Ari Areia Um Grãozinho Apaixonado

O espetáculo “Ari Areia Um Grãozinho Apaixonado” narra a história de um pequeno grão de areia chamado Ari, que, impulsionado por um amor quase impossível, faz de tudo para encontrar sua amada Lucinha, uma estrela do céu.
No caminho de sua busca, encontra vários amigos que tentarão ajudá-lo a atingir seu objetivo. Na força do amor, conhece o Seu Galo e a Galinha Matilda. Na sabedoria do Sapo Cururu. E com os conselhos de Pedro e Pedra, uma “famosa” dupla gauchesca, Ari segue seu caminho em busca do seu sonho.
Ari Areia Um Grãozinho Apaixonado é uma história simples, que fala do amor de um pelo outro, de estar apaixonado e de sonhos, coisas necessárias.
O espetáculo mostra que tornar real aquilo que sonhamos é a parte mais legal do sonho. E o amor deve estar sempre presente. Que para falar de amor é preciso amar. Que para falar de estar apaixonado é preciso paixão. Que para sonhar é preciso acreditar em transformações.
“Amamos o público, temos paixão pelo teatro e acreditamos na arte como uma ponte para um mundo melhor. Por isso e com isso fazemos este espetáculo dirigido às crianças”, explica Duderstabt.

Iniciativa beneficiada pela Lei Rouanet

“Ter a oportunidade de assistir a um espetáculo de teatro é uma realidade muito distante para a maior parte da população brasileira. Avaliando esse cenário, a Monsanto ampliou, neste ano, seus projetos voltados à comunidade, priorizando ações educacionais e acesso a variadas formas de cultura e entretenimento”, explica Christiane Cralcev Bracco, coordenadora de Responsabilidade Social da empresa.

A Caravana de Espetáculos Monsanto é uma das iniciativas beneficiadas pela Lei Rouanet. Em 2009, saltaram de duas para 11, com mais de R$ 4 milhões destinados a novos projetos com foco na democratização e acesso à cultura. Somando-se recursos designados aos programas conduzidos por meio da Fundação Monsanto, e também aos viabilizados com recursos próprios, a verba, hoje, direcionada pela empresa ao desenvolvimento de ações socialmente responsáveis totaliza mais de R$ 6 milhões, um aumento da ordem de 80% em relação ao ano anterior.

“Com a ampliação do patrocínio, queremos proporcionar essa mesma experiência a um público maior, contribuir para a redução de indicadores educacionais preocupantes e dar mais espaço para a criatividade, inovação e qualidade da cultura nacional”, avalia Christiane.


Serviço

Ari Areia Um Grãozinho Apaixonado
Local: Teatro Municipal
Horário: 14h e 15h15
Endereço: Av. Comendador Norberto Marcondes, 684 – Campo Mourão (PR)

Oficinas de Circo
Local: Escola Municipal Professor Florestan Fernandes
Horário: 10h
Endereço: Av. Armelindo Trombini, 4669 – Campo Mourão (PR)


Sobre a Cia. da Cidade

A Cia da Cidade, fundada em 18 de junho de 2005, é uma opção de entretenimento, lazer, cultura e conhecimento. Não se trata apenas de um grupo de teatro, mas também de uma produtora artística.

Além dos espetáculos teatrais de palco, a Cia. desenvolve pesquisa embasada na ideia do novo circo, que se refere a um misto de teatro, música, artes plásticas, dança e o próprio circo. O reconhecimento deste trabalho, segundo o diretor Piéterson Duderstabt, se deu em 2008 com a contratação do acrobata José Carlos Padilha pelo Cirque du Soleil, para espetáculo que deve ocorrer neste semestre em comemoração aos seus 25 anos.

Os integrantes da Cia. têm 15 anos de experiência. Agregam-se a ela especialistas em Teatro-Educação, atores, artistas plásticos, músicos, performers, malabaristas, acrobatas, ginastas, bailarinos e capoeiristas.

Márcio Deni Meneghell e Piéterson Dudertadt protagonizam a lista de artistas fundadores da Cia. da Cidade. Ambos possuem em seus currículos mais de 20 espetáculos, 150 performances e, juntos, acumulam mais de 100 prêmios, a maioria nacionais e internacionais. São responsáveis por grandes sucessos como Ari Areia, Um Grãozinho Apaixonado, Tô Sem Freio – Projeto Viratrânsito (vencedor do maior prêmio oferecido no Brasil para ações no trânsito – Prêmio Volvo 2003), A Mansão do Terror, e Psicose – A Comédia. Também produziram, dentre outros trabalhos, a abertura de eventos como o Festival Internacional de Folclore e a Jornada Nacional de Literatura.

Outras informações no site www.ciadacidade.com.br


Investimento em ações sociais

Em 2009 a Monsanto amplia seus projetos voltados às comunidades, priorizando ações ambientais, educacionais e de acesso a variadas formas de cultura e entretenimento. Somando-se recursos designados aos programas conduzidos por meio da Fundação Monsanto, que neste ano completa 46 anos de atividades, aos viabilizados com recursos próprios e ao número de iniciativas beneficiadas pela Lei Rouanet, os investimentos para o ano são de R$ 9,4 milhões. Com os novos projetos para este ano, a estimativa é que 1,2 milhões de pessoas sejam beneficiadas.


Sobre a Monsanto

A Monsanto está presente no Brasil há quase 60 anos. Pioneira no desenvolvimento de produtos com tecnologia de ponta na área agrícola – herbicidas, sementes convencionais e geneticamente modificadas –, busca soluções que proporcionem aos agricultores produzir mais com menos recursos. Para isso, investe anualmente US$ 800 milhões em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, e pretende dobrar o rendimento de sementes de milho, soja e algodão até 2030, desenvolver sementes que reduzam em 1/3 a quantidade de recursos por unidade produzida, e compartilhar expertise com produtores para ampliar o seu acesso a modernas tecnologias agrícolas, especialmente em países pobres e em desenvolvimento.

Considerada por nove vezes consecutivas uma das melhores empresas do Brasil para se trabalhar segundo guias divulgados pela revista Exame/ Você S.A e pela revista Época, emprega hoje cerca de 2,8 mil pessoas. Também foi eleita pela revista Business Week como uma das 10 empresas mais influentes do mundo. Faturou mais de R$ 2,5 bilhões no Brasil em 2008, produzindo e comercializando a linha de herbicidas Roundup, sementes de soja convencional (Monsoy) e geneticamente modificada (Roundup Ready®), sementes convencionais de milho e sorgo (Agroeste, Sementes Agroceres e Dekalb), algodão (Delta & Pine Land), tecnologia Bollgard em algodão, e, ainda, sementes de hortaliças (Seminis). Em novembro de 2008 entrou no mercado de cana-de-açúcar, com a aquisição das empresas Canavialis e Allelyx, do Grupo Votorantim Novos Negócios. Em fevereiro de 2009 adquiriu a MDM, reforçando sua posição no mercado de algodão.

Até 2007 a empresa destinou por volta de R$ 4 milhões por ano a projetos socioambientais em todo o Brasil, tendo esse valor saltado para R$ 7,4 milhões em 2008 e R$ 9,4 milhões em 2009.


Outras informações no site www.monsanto.com.br


CDI – Comunicação Corporativa

Carla Santos - (11) 3817-7938 – carla@cdicom.com.br
Everton Vasconcelos – (11) 3817-7947 - everton@cdicom.com.br
Cláudia Santos - (11) 3817-7925 - claudia@cdicom.com.br